google-site-verification=5tzHnb7O2zWk0DMsqvxU3_KUKXEZofmGSLoL3PK0dnY
16/10/2019 às 13h30min - Atualizada em 16/10/2019 às 13h30min

Pai de Santo acusado de abuso sexual tem prisão preventiva decretada em Santa Catarina

Rodrigo André Pompermayer
Imagem ilustrativa

Desembargadores da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina após análise, decidiram por unanimidade em favor do pedido do Ministério Público para a decretação de prisão preventiva, em 11 de outubro, de um “pai de santo” por violência e importunação sexual ocorrida entre 2018 e 2019 na cidade de Biguaçu, na grande Florianópolis (SC).

O inquérito foi instaurado após as denúncias realizadas por seis mulheres que acusaram o “pai de santo” que, mediante promessas de curas e resoluções de problemas e aflições pessoais e durante sessões de “trabalhos espirituais”, abusava e importunava sexualmente as mulheres utilizando uma mistura de cachaça e ervas para passar e massagear o corpo das vítimas com a justificativa de que era necessário para abrir os “chakras” e ter êxito. O acusado chegou a forçar beijos e tentar fazer sexo, houve casos que o abuso ocorreu na presença do esposo da vítima enquanto rezava com os olhos fechados.

Durante o contato do acusado, que utilizava redes sociais e aplicativos de trocas de mensagens com as vítimas, ele pedia fotos e fazia perguntas sobre a intimidade. Houve registro de tentativa de suicídio por parte de uma vítima.

Com a gravidade do teor das denúncias e com o perigo do acusado a continuar seus atos e como garantia para manter a ordem pública, a prisão preventiva foi decratada. O processo corre em segredo de justiça.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco pelo Whatsapp
Atendimento
Conte-nos o que está acontecendo! Fale conosco pelo Whatsapp