09/05/2020 às 10h54min - Atualizada em 09/05/2020 às 10h54min

Passam dos 300 casos de Coronavírus em Chapecó, uma morte foi registrada e aguarda exames para confirmação de infecção

O aumento dos casos confirmados em maio de 66 casos para 312 em 10 dias acenderam o sinal amarelo para o retorno das restrições das atividades

Rodrigo André Pompermayer
A situação das infecções confirmadas pelo Coronavírus em Chapecó (SC) tomou um rumo que se tornou mais preocupante, com um salto de 66 casos confirmados e 1265 casos monitorados no último dia de março de 2020 para 312 casos confirmados e 1828 casos monitorados neste sábado (09), registrou uma salto de 246 casos confirmados em 10 dias, além do aumentos de 563 casos suspeitos no mesmo período. Hoje o percentual de ocupação dos leitos para tratamento de Coronavírus são de 29,93% para leitos de enfermaria e de 16,32% para leitos de Unidade de Tratamento Intensivo – UTI em Chapecó.

O resumo dos números computados até hoje (9), são de 1828 casos monitorados, 312 casos confirmados, desses, 281 pessoas estão em isolamento domiciliar, dois casos internados em enfermaria e três em UTI.  Nos casos suspeitos, há 142 casos, 138 estão em isolamento domiciliar, um está internado em enfermaria e dois em UTI, uma morte foi registrada e aguarda resultado de exames.  Os casos negativos são de 463 casos que após exames não confirmou a infecção para Covid-19.


Em relação aos casos de outras cidades que estão recebendo tratamento em ambiente hospitalar em Chapecó, são quatro casos confirmados que estão internados e leitos de UTI.

Na última sexta-feira (8)  foi registrada uma morte de um homem com 87 anos com histórico de problemas de saúde, ele esteve internado em ambiente hospitalar  e no período foi realizado o teste rápido que o resultado foi negativo, após a morte, material foi coletado e encaminhado para exames laboratoriais no Lacen, em sete dias o resultado deve ser divulgado, confirmando ou não a infecção.





Medidas Restritivas

Como o Prefeito de Chapecó Luciano Buligon já havia adiantado caso as ocupações chegassem a 50%, o Governador Carlos Moises confirmou na coletiva de imprensa de sexta-feira(9) que as medidas de restrições deverão retornar com o aumento exponencial dos casos de acordo com a situação de cada cidade. Moises afirmou que notas técnicas serão emitidas com período de retorno ao isolamento e fechamento do comercio e ou industrias por 14 dias. Luciano ainda afirmou que haverá o fechamento para a circulação e permanência de pessoas em locais como o novo prolongamento da avenida Getúlio Vargas e a prainha do Porto Goio-ên.  

Denúncias e Multas

Buligon nessa semana, anunciou que multas serão emitidas para as pessoas que não respeitarem as determinações legais, como as pessoas que foram orientadas a ficar isoladas em ambiente domiciliar e não o fazem, receberão a multa de R$216,50 e para quem for flagrado circulando ou em qualquer ambiente, salvo no interior de sua residência receberá multa de R$250,00 por evento, sem limite de valor.





Oferecimento:
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco pelo Whatsapp
Atendimento
Conte-nos o que está acontecendo! Fale conosco pelo Whatsapp